Text Size

Buscar

Estância Turística de Salesópolis

Salesópolis

Salesópolis, berço do lendário e histórico rio Tietê, é uma região serrana onde 98% (noventa e oito por cento) de seu território está inserido na Lei de Proteção dos Mananciais (Lei Estadual 898 de l7/12/75).

Essa lei disciplina o uso do solo para Proteção dos Mananciais, cursos e reservatórios de água e demais recursos hídricos de interesse da Região Metropolitana da Grande São Paulo, proibindo entre outras coisas a instalação de indústrias poluentes. Por localizar-se na Serra do Mar, a Bacia do Rio Tietê despertou nos governos Estadual e Federal o interesse em sua preservação, principalmente pela sua importância em garantir água potável para a população da Região Metropolitana da Grande São Paulo.

A Estância Turística de Salesópolis detém em seu território a riqueza dos recursos hídricos sendo responsável pela sua conservação.Salesópolis, seu governo e seu povo têm consciência dessa importância e, para que esse mesmo povo possa cuidar do que mais precioso têm, a água, necessita também de melhores condições para a sobrevivência, trabalho digno, saúde, educação.

É por esse motivo que a transformação do município em Estância Turística através da Lei Estadual nº 10.769 de 19/02/2001, trouxe aos munícipes perspectivas de crescimento e melhoria na qualidade de vida.

O Ecoturismo e o turismo rural são fontes de geração de recursos para o seu desenvolvimento organizado, voltados à preservação do Meio Ambiente e principalmente a Educação Ambiental, matéria de suma importância nos dias atuais.

A TRANSFORMAÇÃO EM ESTÂNCIA TURÍSTICA

Por volta de 1976, o então Prefeito Masayuki Uono em seu segundo mandato, iniciou junto ao IBGE um levantamento das atividades artesanais do Município criando, através de um Plano Diretor, um pequeno esboço de uma exploração turística, sem qualquer contorno de programa ou projeto.

Em 1983, em seu terceiro mandato, foram elaborados estudos pela Emplasa, então ligada a Secretaria Estadual dos Negócios Metropolitanos, que buscavam viabilizar a melhoria de pontos que poderiam eventualmente tornar-se atrativo turístico.
 

Em 1989, através de um projeto de lei do Deputado Estadual Mauro Bragato, foi dado “start” ao processo de transformação do Município de Salesópolis em Estância Turística. No entanto, devido ao “lobby” dos municípios estâncias, que através de sua bancada estadual barravam tais processos visto que o aumento do número de estâncias faria com que a verba e os recursos financeiros destinados a ela fossem pulverizados, conseguiram o arquivamento junto a comissão própria da Assembléia.

 Em 1993, o então deputado Estadual, hoje prefeito do Município de Mogi das Cruzes, Junji Abe, fez apresentação de novo projeto de lei que, após o parecer de todos os órgãos envolvidos e o apoio e empenho do próprio Governador Doutor Mário Covas, o projeto foi aprovado na Assembléia Legislativa em dezembro de dois mil e o Município transformado em Estância Turística por Lei promulgada em 19 de fevereiro de dois mil e um, pelo Governador em exercício, Doutor Geraldo Alckmin Filho.



Ficha Técnica
População: 15.639 hab. (IBGE/2010)
Área Total: 425,842 km²
Altitude: 850 m
Região: Metropolitana de São Paulo (IBGE/2008)
Aniversário:
Site: www.salesopolis.sp.gov.br/

Prefeituras Parceiras






Greenpeace

Greenpeace

WWF