Text Size

Buscar

Sumaré reforma e amplia Escola Municipal

A Prefeitura de Sumaré, por meio da Secretaria de Educação, realiza uma ampla reforma, incluindo a ampliação das instalações, na Escola Municipal Reino da Garotada, localizada na Rua Antonio Pereira de Camargo, Região Central. Serão duas etapas de obras, com investimento total de cerca de R$ 1,75 milhão. Na primeira etapa em andamento, de ampliação, já há mais de 30% das obras previstas concluídas, já começando a instalação da estrutura da cobertura.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, o projeto prevê a construção de salas para leitura, informática, casa de bonecas, refeitório, cozinha, pátio coberto, administração (diretoria, secretaria, coordenação, orientação pedagógica), ampliação das salas de aula, paisagismo e a reforma completa da estrutura já existente nesta unidade escolar.

“Todas estas intervenções são necessárias para melhorar a qualidade dos serviços oferecidos, proporcionar mais conforto para os alunos, professores e funcionários da escola, além de nos permitir aumentar a capacidade de atendimento, passando dos atuais 360 alunos para, aproximadamente, 500 alunos da Educação Infantil na EM Reino da Garotada”, disse o secretário municipal de Educação, Paulo Pereira da Silva.

A obra é executada pela empresa Westcor Pinturas Industriais e Construção Civis, contratada pela Administração Municipal por meio de licitação. A previsão é que a reforma completa seja entregue no fim deste ano.

ARCO-ÍRIS


Outra unidade que recebe reformas da Prefeitura de Sumaré é a EM Arco-Íris, na Vila Menuzzo. As obras são realizadas desde o início do último mês de maio, com materiais, equipamentos e mão de obra da própria Administração, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos.

A reforma inclui a substituição parcial do telhado e adequações da rede elétrica do prédio. Para a execução deste trabalho, as aulas foram transferidas, provisoriamente, para um salão da igreja do bairro, que fica próximo à escola, e acontecem normalmente a fim de não comprometer o ano letivo dos alunos.
 
Fonte: Prefeitura de Sumaré

Prefeituras Parceiras






Greenpeace

Greenpeace

WWF