Text Size

Buscar

Cidade de Itu obtém adesão ao sistema de inspeção federal

Nesta segunda-feira (22), ocorreu a solenidade para oficialização da adesão do SIM de Itu ao SISBI. A cidade se tornou assim a primeira no Estado e a décima primeira do Brasil a obter o reconhecimento.

Na manhã desta segunda-feira (22/06), no auditório do Centro de Formação de Professores, no Paço Municipal, ocorreu a solenidade de oficialização da adesão do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) de Itu ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI). A cidade de Itu se tornou a primeira no estado de São Paulo e a décima primeira do Brasil a obter reconhecimento nacional, segundo decisão publicada no Diário Oficial da União.

Participaram do evento o prefeito Antonio Tuíze, o vice-prefeito Neto Beluci, o superintendente federal agropecuário Francisco Sérgio Ferreira Jardim (que representou a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no Estado de São Paulo), o delegado federal substituto do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), João Antonio Savedra, a diretora do Escritório de Defesa Agropecuária de Sorocaba, Denise Machado, o diretor do Centro de Inspeção de Produtos de Origem Animal da Secretaria de Agricultura de São Paulo, César Kruger, o secretário municipal da Saúde, Manoel Monteiro, e o coordenador do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), André Teixeira Oliveira Ariza.

O secretário da Saúde de Itu, Manoel Monteiro,  ressaltou que no início de janeiro de 2013, ao assumir a atual administração municipal, o prefeito Tuíze o incumbiu de implantar o SIM na cidade. Monteiro falou ainda sobre a dedicação da equipe da Saúde para viabilizar esse serviço.

O prefeito Tuíze afirmou que ele sabia que a implantação do SIM exigiria muito trabalho, mas que acredita que é preciso se empenhar para transformar um sonho em realidade. Tuíze ressaltou ainda que a certificação SIM oferece segurança aos produtores rurais e também aos consumidores.

Em seu pronunciamento, o superintendente federal agropecuário elogiou o prefeito Tuíze pela iniciativa. “Itu entrou para a história como exemplo na grande região de Campinas e Sorocaba em termos de segurança em saúde pública, destacando a importância da certificação”, disse Jardim.

Durante a solenidade, Jardim entregou ao prefeito Tuíze o Certificado de Adesão do SIM de Itu ao SISBI. Houve ainda entrega aos representantes da Indústria de Laticínios Bonanni do Certificado de Adesão ao SISBI, sendo a primeira indústria a receber o SISBI, através do SIM, no Estado de São Paulo. Já os representantes da Indústria de Laticínios da Fazenda receberam nesta segunda-feira o Certificado de Adesão ao SIM.

Também prestigiaram a solenidade os vereadores Marco Aurélio Bastos, que representou o presidente do Legislativo Ituano, Marquinhos da Funerária, e Sérgio Castanheira, o chefe de Gabinete, Benedito Roque, os secretários municipais Marilda Cortijo (Educação), Carlos Alberto D’Ambrósio (Habitação Popular), José Angel Lobato (Obras e Serviços Viários) e Rick Schmidt (Governo), a fiscal federal agropecuário e gestora estadual do SISBI, Andréa Figueiredo Procópio de Moura, o fiscal federal agropecuário e gestor substituto do SISBI no estado de São Paulo, Fábio Sandon de Oliveira, a presidente do Sindicato Rural de Itu e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Adriana Menezes da Silva, e o presidente da Cooperativa Agrícola de Itu, Eduardo Silveira Arruda.

Reconhecimento nacional

O SIM de Itu – criado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, em março de 2014 – se tornou o primeiro no estado de São Paulo e o décimo primeiro do Brasil a obter reconhecimento nacional, após auditoria realizada por fiscais federais que avaliaram o serviço desempenhado pelo órgão municipal, sua infraestrutura, capacitação técnica e qualidade de inspeção.

Com isso, o órgão passa a fazer parte do Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA), através do Sistema Brasileiro de Inspeção de Origem Animal (SISBI – POA), e todo estabelecimento aprovado e indicado por ele poderá vender seus produtos não só em âmbito municipal, mas em todo o território nacional.

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, devem passar por inspeção sanitária todos os produtores de alimentos de origem animal como leite (e seus derivados), carnes, ovos, peixe e mel, que queiram comercializar seus produtos. Em todo o Brasil, apenas 11 municípios conseguiram ter seus serviços de inspeção validados em âmbito federal, a maioria na região sul do País.

Em Itu, o SIM conta com uma equipe multidisciplinar formada por dois veterinários com especialização em inspeção de alimentos, dois gestores ambientais e um técnico. Até o momento, o órgão registrou 4 estabelecimentos e 16 produtos.

A avaliação leva em conta toda a cadeia produtiva, desde a origem da matéria prima até a elaboração do produto final, enfatizando princípios de higiene e sanitização dos estabelecimentos e seus equipamentos. Além de estimular os produtores locais a saírem da clandestinidade, o SIM fortalece a agricultura familiar, garante a segurança alimentar ao consumidor final e responsabilidade ambiental.

Fonte: Angélica Estrada/Leivanira Prieto - Prefeitura de Itu

Prefeituras Parceiras






Greenpeace

Greenpeace

WWF