Text Size

Buscar

Estância Turística de Itu

Itu

Com a criação de uma capela em louvor a Nossa Senhora da Candelária pelo bandeirante Domingos Fernandes, a data oficial da fundação de Itu é 02 de fevereiro 1610. Tal capela existiu onde hoje há o marco de fundação da cidade na Praça Padre Anchieta (Largo do Bom Jesus).

O nome "Utu-Guaçu", que futuramente tornou-se Itu, significava "grande queda dágua". A mesma cachoeira que deu o nome para Itu está no Rio Tietê e inspirou também o nome da cidade vizinha, Salto.

A Vila de Itu foi, em fevereiro de 1842, elevada à categoria de cidade e, no mesmo ano, participou ativamente da revolução liberal que eclodiu em várias partes do país, organizando uma força de 300 homens, junto à tropa de Brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar.

A participação de Itu na política Nacional teve também grande destaque na Magna Convenção do Partido Republicano em 1873, nela realizada. O desenvolvimento econômico deu-lhe a condição de maior produtora de cana de açúcar durante o período Imperial. Também teve destaque no ciclo do café, que foi a atividade base do município até 1935, estimulando a vinda de imigrantes, em especial, italianos.

Em 1869, instalou-se a primeira fábrica de tecidos de algodão, sendo a primeira movida a vapor da Província de São Paulo. Mas foi só a partir de 1950, que várias fábricas começaram a se instalar na cidade.

Também nessa época, ocorreu grande migração rural em busca de trabalho. Em 1968, com a conclusão da rodovia Castelo Branco, novas empresas instalaram-se em Itu, principalmente às margens de suas estradas de acesso.

Com um imenso potencial turístico, graças seu inestimável patrimônio histórico, cultural, religioso, ambiental e arquitetônico, Itu também é conhecida como “terra dos exageros”, em razão do saudoso humorista ituano Francisco Flaviano de Almeida, o Simplício.

Hoje a cidade possui um perfil misto, unindo turismo, comércio, prestação de serviços e indústrias. Sobre este último setor de atividade econômica, o município está implantando atualmente um distrito industrial em área de um milhão de metros quadrados, na região do Pirapitingui.


Ficha Técnica
População: 154.200 hab. (IBGE/2010)
Área Total: 639,981 km²
Altitude: 583 m
Região: Metropolitana Paulista (IBGE/2008)
Aniversário: 2 de fevereiro
Site: www.itu.sp.gov.br/

Prefeituras Parceiras






Greenpeace

Greenpeace

WWF